Friday, April 08, 2011

"E tô achando bom, tô repetindo que bom, Deus, que sou capaz de estar vivo sem vampirizar ninguém, que bom que sou forte, que bom que suporto, que bom que sou criativo e até me divirto e descubro a gota de mel no meio do fel. Colei aquele “Eu Amo Você” no espelho. É pra mim mesmo."

9 comments:

  1. Caio sempre encantador!
    Que bom ser tudo isso e amar-se sem limites
    :)

    ReplyDelete
  2. Uauuu!
    Lindo pensamento do nosso amado Caio,tb não conhecia ele,tão doce e profundo de ler
    Beijinhos

    ReplyDelete
  3. preciso fazer isso. dizer a vç mesmo que se ama é bom de vez em quando né...
    lindo post.amei demaissss..

    um bjãooo linda
    fica com Deus

    ReplyDelete
  4. A gente aprende sempre, à duras penas, o quanto precisamos nos amar para poder sentir um amor legal, um amor proveitoso pelo outro. E com o sumiço desse amor-próprio, o sentimento só cai em declínio. Nos amemos, muito, muito, muito então!
    Beijinho

    ReplyDelete
  5. Que lindo!
    Adorei!
    Beijos meus e um bom final de semana!

    ReplyDelete
  6. Thainá, amadaaaa!

    Saudade, saudade daqui.
    Sinto falta de quando não consigo passar nos blogs queridos.
    E isso do Caio, amadoooo, é uma grande verdade.
    Me fez lembrar da Ana Jácomo, quando diz que os melhores abraços precisam começar por nós.

    Um beijo e uma semana linda!

    Te quero bem!
    (Prometa nunca esquecer disso)

    ReplyDelete
  7. Olá,"A" Narradora.:)
    Gostei muito do trabalho em seu blog, pois aborda temas variados em seus posts.Parabéns pela iniciativa, à blogosfera precisa de trabalhos assim. Já estou seguindo seu blog, se desejar conhecer meu trabalho de estudos historicos o endereço é http://www.construindohistoriahoje.blogspot.com
    Um abraço,
    Leandro

    ReplyDelete
  8. Oi mocinha.. Que lindo isso! Gostei muito do seu blog. Fico por aqui, seguindo claro =)
    Um grande abraço!

    ReplyDelete

Sua opinião é muito importante.
Obrigada por estar aqui!