Friday, March 11, 2011

Indubitavelmente amor.

Ninguém nunca disse que a separação seria fácil..
Um dia nosso amor sofreu, sofreu por que simplesmente o ignorei. Por receio ou até mesmo por medo. Nosso amor virou distância, saudade. E surpreendeu-me, nunca pude imaginar o quão grande era o que você sentia. Verdadeiro, intenso, forte. Na verdade, a gente nunca tem noção do que o outro sente ou até mesmo do que sentimos, a não ser que aconteça algo de muito sério que põe o sentimento a risca e as provas surgem naturalmente, com atitudes simples de quem não quer perder o amor, que apesar de tudo é inocente, e sofre as consequências.

No tempo em que nosso amor era distância, nada era diferente.. A sensação de terem fechado a cortina enquanto me pusera a olhar o horizonte pela janela da vida se fazia presente. Tinha certeza de que minha dor tinha cessado de doer, mantinha uma farsa de alegria.. Alegria triste. Meu amor tentava ser menos amor só para não deixar de ser amor.IlusãoNunca foi menos amor, assim como nunca deixou de ser amor. A minha dor não havia cessado. E mesmo assim, não correu de imediato a caminho de teus braços quando tu quisera retornar. Ela queria sim parar de doer, mas era orgulhosa e um ressentimento não a deixava querer você por perto outra vez. Embora, ela talvez tivesse vontade de te ter por perto de novo.

Ignorei você, desprezei, não te atendi, não retornei, pisei no teu coração como quem pisa num pano sujo, briguei, gritei, te vi sofrer, sofri, chorei, retornei, não mais briguei. Fiz morada nos teus dias, marquei presença no teu melhor sorriso, iluminei o seu olhar.

Errei, reconheçote peço perdão. Não só por esses erros, mas pelos outros tantos. Confesso que ainda não consegui perdoar algumas coisas que você tenha feito. Não penso mais nelas com tanta frequência.. as vezes nem penso, se tornou indiferenteFicou no passado. Mas tenho dificuldade em apaga-las literalmente e perdoar-te, queria muito mas não consigo. Perdoe-me por isso também; Um dia eu ei de conseguir, prometo. Quando isso acontecer, serás o primeiro a saber. Perdoe-me por duvidar. Perdoe-me também, por ter ignorado teus sentimentos, por não ter me mantido presente quando você mais precisou.

Perdoe-me pelo que veio depois. Aqueles braços não aqueciam como os seus, aquele corpo não me fazia estremecer como com o seu corpo, como com seu toque. Meu coração nunca acelerou e desacelerou ao mesmo tempo com ele, ele nunca foi capas disso. Aqueles beijos me faziam te esquecer por uns minutos e lembrar ainda mais com o passar deles. Sei que muito tempo foi jogado fora em meio a essa confusão de beijos sem sabor e abraços vazios. Mas o coração ainda te sentia lá no fundo, a razão negava, mas o coração nunca o esqueceu. Doce negaçãosó queria se proteger. Mas não há por que se proteger de quem se ama, mesmo ferido, sangrando por dentro.
Lamentar o que passou e deixar as lamentas no passado. Seguir.
Faltava tempo para recuperar o que foi perdido. Faltava braço para os seus abraços, e aquele seu sorriso ao me ver retornar.. Bem, não sei se o verei novamente com tamanha intensidade, mas já é de grande valia tê-lo na memória para seguir em paz com os nossos dias que só tem a prosseguir..

Sei que você nunca lerá isto aqui, mas é um grande prazer poder escrever.
Thainá Lima, 04/01/2011 - 15:22h

5 comments:

  1. Oiiii :D
    Hnm, post tristinho o seu hum? Precisa se animar \o/ já pensou nisso? Sabe, lembrar de coisas ruins todo mundo lembra, passar por elas também, e mais do que isso, todo mundo passa pelo o que pode suportar, isso é algum tipo de lei divina ou existencial, a qual eu acredito.
    Mas acredito que antes das coisas chatas houveram aquelas que foram felizes, como momentos que citou não? É fácil lembrar do que nos maachucou, mas o que nos fez um dia feliz?
    Não acho certo sentir saudades, acho que temos que aprender a nos confortar com lembranças, acha que seria melhor não ter passado?

    OUCH desculpe!! Acho que estou dando cermão...
    Sorry ó.ò

    Nem sei se você está triste.
    Como for, eu quero animar você e motivá-la ein \o\

    beiijos, bom sábado!
    proxyhana.blogspot :3

    ReplyDelete
  2. Ahhhhh!
    As vezes escrevemos coisas que lá no fundinho queriamos que alguém lesse né? e seria tão bom se isso acontecesse!
    Linda carta!
    Bjos de Bom Dia Flor!

    ReplyDelete
  3. a separação nunca é facil, até para quem já não ama...

    ReplyDelete
  4. Flor,tem um Meme e um selinho lá no blog,qndo der uma olhada?;)
    Bjinhus

    ReplyDelete
  5. ''Na verdade, a gente nunca tem noção do que o outro sente ou até mesmo do que sentimos, a não ser que aconteça algo de muito sério que põe o sentimento a risca e as provas surgem naturalmente, com atitudes simples de quem não quer perder o amor, que apesar de tudo é inocente, e sofre as consequências.''
    Incrível como esse trecho se encaixa em uma situação que aconteceu recentemente comigo, mas que o amor falou mais alto. Me arrepiei. Essa questão de amor colocado a pova é tensa, mas quando o sentimento e grande e verdadeiro, ele vence tudo. Tudo mesmo. ;)
    Beijos, querida!
    Adorei seu blog!
    *-*

    ReplyDelete

Sua opinião é muito importante.
Obrigada por estar aqui!