Thursday, January 06, 2011

"É verdade que, em várias ocasiões nos últimos anos, eu declarei amor por mulheres a quem apenas desejava. Da mesma forma, em momentos extremados, ouvi frases apaixonadas de mulheres que nem meu nome sabiam direito. Considero isso uma espécie de licença poética (e, afinal, ninguém fala de amenidades na beira do abismo). Naquele sábado eu era menos cínico do que sou hoje - mas já julgava indispensável utilizar as palavras exatas."

No comments:

Post a Comment

Sua opinião é muito importante.
Obrigada por estar aqui!