Wednesday, June 23, 2010

"O tempo passa. Mesmo quando isso parece impossível. Mesmo quando cada batida do ponteiro dos segundos dói como o sangue pulsando sob um hematoma. Passa de modo inconstante, com guinadas estranhas e calmarias arrastadas, mas passa. Até para mim.."

Livro: Lua Nova, pág.: 85 Cap.: 4

No comments:

Post a Comment

Sua opinião é muito importante.
Obrigada por estar aqui!