Wednesday, June 23, 2010

"Eu sabia que nós dois corriamos um risco mortal. Ainda assim, naquele instante, eu me senti bem. Inteira. Pude sentir meu coração batendo no peito, o sangue pulsando quente e rápido nas minhas veias de novo. Meus pulmões encheram-se do doce aroma que vinha da pele dele. Era como se nunca tivesse havido um baraco em meu peito. Eu estava perfeita - não curada, mas como se nunca tivesse havido ferida."
Lua Nova

No comments:

Post a Comment

Sua opinião é muito importante.
Obrigada por estar aqui!